Dor e queimação na mama, também conhecida como mastalgia, mamalgia e mastodinia, é comum e pode vir como uma sensação de queimação no tecido mamário, ou sensibilidade mamária.

Se a dor está ligada ao ciclo menstrual, é conhecida como mastalgia cíclica (dor cíclica da mama).

De acordo com a Fundação do Câncer de Mama, essa dor e queimação na mama esquerda pode ser um desconforto na região da mama, o que pode ocorrer por diversas razões.

Na maioria dos casos, a Fundação acrescenta que a dor no seio não é um sinal de câncer de mama.

O Serviço Nacional de Saúde, Reino Unido, diz que a dor cíclica do peito necessariamente não está ligada a um maior risco de desenvolver cancro da mama.

E que na maioria dos casos, a dor da mama afeta a parte superior, área externa de ambos os seios – a dor às vezes pode se espalhar para os braços.

Em muitos casos, a mastalgia começa entre um e três dias antes do início do período menstrual de cada mulher, e normalmente melhora no final do seu ciclo.

Mas para outras mulheres, a dor começa alguns dias antes do começo de seus períodos menstruais, o que aumenta o período de desconforto.

Dor na mama cíclica ocorre mais frequentemente na juventude, podendo desaparecer sem tratamento em qualquer momento ou após a menopausa.

Possíveis Causas das Dores na Mama

Dor e queimação na mamaNem sempre é possível identificar isoladamente a causa exata da dor na mama, devido a vários fatores que podem contribuir para uma ou mais opções que falarei a seguir:

  • Hormônios Reprodutivos– A dor na mama cíclica parece ter uma forte ligação com os hormônios reprodutivos e ciclo menstrual. Justamente por isso, essa dor na mama muitas vezes desaparece durante a gravidez ou após a menopausa. Em alguns casos, o uso de anticoncepcionais também pode amenizar a dor na mama relacionada ao ciclo menstrual.
  • Fibroadenoma– São pequenos, duros nódulos não cancerosos que são compostos por tecido fibroso e glandular. Ao contrário de nódulos do câncer de mama, nódulos de fibroadenoma podem ser facilmente deslocados e ter contornos bem definidos. Esses nódulos  frequentemente causam dor no peito, na mama esquerda ou direita, que podem, às vezes, estender-se até à axila e a profundidade de uma polegada.
  • Medicamentos– Certos medicamentos, tais como aldomet, aldactone, diuréticos, anadrol, clorpromazina e preparações medicinais  podem induzir a sensibilidade dos tecidos da mama.
  • Costocondrite– Esta condição é vista principalmente em crianças pequenas e é causada devido à inflamação da articulação que ligam as costelas superiores com a cartilagem que as ligam com esterno. Costocondrite pode provocar sensações dolorosas na mama esquerda, mas é uma condição tratável e relativamente inofensiva.
  • Mastite– Esta condição e caracterizada por bloquear os ductos de leite infectados, que pode ter ocorrido devido à amamentação e danos no fígado, devido ao alcoolismo, trauma ou lesão na mama. Tal anormalidade dos ductos de leite pode causar dor moderada na mama.

Mesmo a dor mamária não sendo indício de câncer de mama, ao sentir dor nas mamas a recomendação é fazer o autoexame a fim de verificar a possibilidade de algum nódulo e mesmo não encontrando nada o ideal é marcar uma consulta com ginecologista para uma melhor avaliação.

E em muitos casos a mamografia é solicitada a fim de um diagnóstico mais preciso para sanar de vez o medo de câncer de mama.

O tratamento para as dores mamárias irá depender da intensidade das dores e das causas, em algumas situações as dores nas mamas tendem a desaparecer sem a necessidade de tratamento.

Já em outros casos o médico poderá prescrever desde analgésicos a medicamentos de bloqueio a ação hormonal e vale ressaltar mais uma vez que mesmo as dores mamárias não sendo indícios de câncer de mama, não exclua totalmente essa hipótese, não tenha medo e procure um médico.

Como Aliviar Dor e Queimação na Mama

Enquanto você espera pela consulta médica, alguns cuidados podem ser adotados para aliviar a dor na mama:

  • Use compressas quentes ou frias em seus seios.
  • Use um sutiã esportivo durante o exercício, especialmente quando seus seios podem ser mais sensíveis.
  • Limitar ou eliminar a cafeína, se você sentir que isso alivia a dor.
  • Siga uma dieta com baixo teor de gordura e carboidratos simples, investindo em alimentos integrais, frutas e carnes com menos gordura.
  • Considere o uso de analgésicos de venda livre, mas não use excessivamente ou em altas doses.
  • Mantenha um diário, anotando quando você experimenta a dor da mama e outros sintomas, para determinar se sua dor é cíclica ou não cíclica.

Medicamentos Para Dor na Mama

A dor na mama pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico.

Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

Os medicamentos mais comuns no tratamento de dores na mama são:

Dipirona- Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique.

Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Este Método Ensina Como Aliviar Dor e Queimação na Mama
4.5 (90.53%) 19 votes

Comente com o seu Facebook

Comentários